banner-fpa-informa-social-175.jpg

Informalidade afeta pelo menos 130 milhões de trabalhadores na América Latina e no Caribe (ou 46,8% dos trabalhadores da região)

Ano 3 – nº 175 – 10 de junho de 2015

Mercado de trabalho: OIT analisa medidas para a formalização

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) destacou, em uma série de notas recentemente lançadas, a necessidade de promover a formalização da informalidade que afeta pelo menos 130 milhões de trabalhadores na América Latina e no Caribe (ou 46,8% dos trabalhadores da região). Os estudos destacam a grande informalidade presente no campo, em contraste com o fato de que sistemas de inspeção do trabalho estão concentrados em áreas urbanas e no setor formal da economia.

A série analisa exemplos positivos nas experiências de inspeção do trabalho em seis países da América Latina e Caribe (Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Peru e Uruguai) para o combate à informalidade. Quanto ao Brasil, o exemplo escolhido refere-se à Emenda Constitucional 72/2013, que buscou garantir direitos aos trabalhadores domésticos e é considerada uma das medidas mais avançadas na América Latina para equiparar os direitos dos trabalhadores domésticos em relação aos trabalhadores em geral, apesar da ainda necessária regulamentação dos mesmos. Segundo o estudo da série, a Emenda ajudará na redução da informalidade entre os trabalhadores domésticos, estruturalmente mais alta que a do conjunto dos trabalhadores brasileiros.

O estudo ainda indica, por exemplo, a difusão da nova regulação através de campanhas, cartilhas e visitas às casas com trabalhadores domésticos, o que ajudaria no cumprimento da tarefa da inspeção das condições de trabalho. O estudo também recomenda a ratificação do Convênio 189 da OIT, que trata dos direitos dos trabalhadores domésticos.

A OIT considera que a difusão dessas boas práticas – com suas vantagens e limitações – auxiliará no aumento da formalização do mercado de trabalho na região.

Para ler mais:

OIT: A inspeção do trabalho é fundamental para reduzir a informalidade
leia mais

Notas sobre las tendencias de la inspección del trabajo
leia mais

Promoción de la formalización del trabajo doméstico en Brasil
leia mais

Tendencias de la Inspección del Trabajo frente a la formalización: experiencias de América Latina y el Caribe
leia mais

Convenio 189 OIT
leia mais

 
* As opiniões aqui expressas são de inteira responsabilidade da sua autora, não representando a visão da FPA ou de seus dirigentes.